A repatriação de capital – também chamada de repatriação de recursos e de repatriação de patrimônio – é uma estratégia para trazer de volta ao Brasil um dinheiro depositado no exterior e que não foi declarado. Geralmente, a repatriação de capital envolve um patrimônio obtido de maneira ilícita.

Porém, atualmente, existem caminhos legais para que os recursos sejam internalizados sem que seu proprietário sofra sanções penais. Em 2016, o governo federal sancionou uma lei para impulsionar a repatriação de capital. Desde então, quem tem recursos não declarados superiores a 10 mil dólares pode realizar o ajuste fiscal e trazer o dinheiro para o Brasil.

Qual a vantagem da repatriação de capital?

A repatriação de capital, portanto, é uma oportunidade concedida pelo governo para que os brasileiros que possuem grandes somas de dinheiro possam declará-los e, assim, passem a ser donos dos recursos legalmente.

Não é incomum que alguém possua um patrimônio no exterior totalmente parado, que não pode ser aproveitado para nada. A Fradema Consultores Tributários consegue assessorar quem tem esse problema a fazer a repatriação de capital com a menor perda possível em impostos.

Fale Conosco

RECEBA O CONTATO DE UM ESPECIALISTA DA FILIAL MAIS PRÓXIMA DE VOCÊ:

Como funciona a repatriação de capital?

A repatriação de capital envolve o cumprimento de inúmeras normas jurídicas e o pagamento de tributos. Assim que as pendências forem solucionadas, o proprietário poderá fazer a repatriação dos recursos e será anistiado, não podendo, portanto, ser acusado e penalizado por crime de sonegação fiscal e de evasão de divisas.

A Fradema Consultores Tributários se responsabiliza por fazer toda a negociação junto aos órgãos competentes. Nossa equipe conta com especialistas em repatriação de capital que já trouxeram para o Brasil milhões de reais nos últimos anos.

Se você precisa de apoio em repatriação de capital, repatriação de recursos ou repatriação de patrimônio, consulte a Fradema.